Ostuni, a Cidade Branca

Conhecer a região da Puglia, sul da Itália, era um dos meus sonhos mas, apesar da Itália não possuir a grande extensão territorial do Brasil, nem sempre é simples  viajar de trem de norte a sul do país assim, pegamos um avião até  Brindisi chegando no aeroporto alugamos um carro partimos para Ostuni  conhecida como a “Cidade Branca” porque o branco é a cor que predomina na pintura dos prédios e das suas casas. A cidade está localizada nas colinas da “Valle d’Itria” a 218 metros acima do nível do mar, na província de Brindisi, na  área chamada Alto Salento.

IMG_20170810_111421

As origens da cor branca  vem da utilização do “cal”, óxido de cálcio, desde a Idade Média, porque era um material fácil de se encontrar; e também, porque era a forma de dar luz às estreitas ruas do centro histórico da cidade.

IMG_20170810_115511
Pelas  estreitas ruas do centro histórico

A utilização do cal em Ostuni foi também a  salvação pois,  no século XVII, esta área da Puglia foi atingida pela praga do século, a “Peste”, que fez milhões vitimas em todo o continente europeu. No entanto graças ao uso do cal na pintura de casas, um desinfectante natural, Ostuni foi poupada desta terrível epidemia.

IMG_20170810_114620
Em uma zona residencial

Assim, o branco se tornou um símbolo da cidade de Ostuni que com o passar dos anos  foi respeitada e mantida até os dias de hoje pelos seus residentes.

IMG_20170810_115051
Fachada externa da cidade
IMG_20170810_113409.jpg
A pequena praça em frente a Catedral  com  Arco Scoppa do palácio Vescovile

IMG_20170810_115824

A cidade é um encanto e o melhor modo de conhecer o centro histórico é um passeio com “Ape” (carrinho tipo tuc tuc) só assim você conhece a parte mais alta da cidade, os muros que a fortifica  além dos cantinhos especiais e escondidos  nas ruelas sem se cansar.

IMG_20170810_115608
Um aconchegante restaurante, em uma das vielas do centro histórico de Ostuni, ótimo para uma pausa do almoço ou um jantarzinho romântico

IMG_20170810_120411

A cerâmica além de linda é o ponto forte do artesanato local.  A “Pigna” ou “Pume”, a escultura que você ver sobre o carrinho, é um símbolo da cultura pugliese que significa: fortuna, abundância, prosperidade, fertilidade e novidade. Isto porque estas esculturas adornavam os antigos palácios das famílias prosperas de uma época. Você vai se apaixonar pelas cerâmicas coloridas, cada peça mais linda que outra.

IMG_20170810_232125

A Praça da Liberdade com a coluna de Santo Oronzo, padroeiro da cidade, que se enche de turistas para assistir os shows promovidos durante o período de  verão.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
A cidade é cheia de lojinhas de souvenir com artesanato local
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Passeando pelas ruas residenciais do centro histórico

IMG_20170810_120426

A gastronomia local é maravilhosa. Nesta zona  se produz um dos melhores azeites de olivas da Itália. Você não pode deixar de comprar o azeite tradicional mas, também, os aromatizados. São deliciosos e especiais, você só encontra aqui!

Ostuni é ainda circundada de “Masserias”, antigas fazendas agrícolas produtoras de azeite de oliva, muitas das quais transformadas em aconchegantes fazendas e resorts de luxo , uma opção inesquecível para sua estadia.

Como chegar: a melhor opção é ir com avião até Brindisi, a cerca de 35 km de Ostuni.  Depois  alugue um carro no aeroporto e explore a região.

Venha conhecer as belezas desta autentica região da Itália. Se deseja  um roteiro personalizado ou deixar um comentário preencha o formulário abaixo

 

 

Anúncios

1 comentário

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s