ROMA: 7 COISAS IMPERDÍVEIS

Roma é uma das  maiores  cidades italiana com um imenso patrimônio turístico e cultural, conhecê-la em algumas horas não é uma coisa fácil, direi que é um grande desafio. Sendo assim, resolvi escrever esta matéria porque muita gente gostaria de conhecer muitos lugares e monumentos quando viajam para Roma mas não dispõem tempo suficiente para tal.

São inúmeras as atrações em Roma e infinitas coisas para se ver e fazer.  Abaixo,  de acordo com a minha opinião, elenco sete coisas que você não pode deixar de conhecer :

 

1. COLISEU

coliseo

Provavelmente o monumento mais famoso do mundo, o  Anfiteatro Flávio conhecido pelo nome de “Coliseu”, devido à colossal estátua de bronze de Nero  colocado perto do monumento. Construído por ordem do imperador Vespasiano e terminado por seu filho Tito nos anos 80 d.C, o prédio era destinado a oferecer entretenimentos grátis a população com lutas e jogos entre gladiadores, simulações de caça, animais exóticos e ferozes. Com mais de dois mil anos de idade,  o Coliseu é e será sempre o símbolo da cidade eterna, atraindo milhares de visitantes anualmente por isso é importante se programar com antecedência, principalmente se o tempo disponível é pouco, para evitar  as  longas filas e a infinita espera. Compre o bilhete com antecedência através do site oficial do Coliseu; com o cartão turístico  Roma Pass ou com outras diversas empresas turísticas que oferecem a visita com guia turístico oficial no idioma desejado.

Como Chegar:    Metrô –  Linha B (Azul) , parada Colosseo
                                 ônibus – nrs.75 – 81 – 673 – 175 – 204
                                 Tram – nr. 3

Atrações Perto: Fórum Romano

 

2. FORUM ROMANO

forumromano

Localizado próximo ao Coliseu, o Fórum Romano era a zona onde se transcorria a vida publica,  comercial, político e religioso da Roma Imperial e Republicano até o século IV. A visita é feita com o bilhete único que consente ver o Coliseu/Palatino/Fórum Romano (as informações de como comprar no item acima)

 

3. PIAZZA DI SPAGNA

pzaspagna

Roma é uma cidade cheia de praças e a “Piazza di Spagna” é uma das mais famosas de Roma. Seu nome deriva  da embaixada da Espanha que esta localizada lá desde o final do séc. XVII. A praça é composta da  escadaria construída no início do século 18 para ligar a praça com a igreja “Trinità dei Monti” além da fonte “Barcaccia”, por possuir a forma de uma barca, obra do escultor Pietro Bernini. A praça é um lugar de encontro para muitos romanos e  turistas que aproveitam para descansar sentando-se na famosa escadaria.

Como Chegar:  Metrô –  linha A (laranja),  parada Spagna.

Atrações Perto: Fontana di Trevi

 

4. FONTANA DI TREVI

fontanatrevi1

Considerada a fonte mais famosa do mundo a “Fontana di Trevi” foi idealizada por Agrippa e inaugurada no séc.19 a. C. sendo considerada  um exemplo singular do antigo aqueduto romano que iniciou a funcionar desde a época do Imperador Augusto até nossos dias. O seu atual aspecto remonta ao ano de 1762 com a  construção por Nicola Salvi, foi finalizada pelo arquiteto e cenógrafo Giuseppe Pannini. A origem de seu nome é, provavelmente, devido ao cruzamento da três estradas que ali desembocam ou à  tripla saída de água. Foi cenário do filme “La dolce vita” onde a personagem interpretada pela atriz Anita Ekberg toma um banho dentro da fonte tornando-a  famosa em todo o mundo.                                                                                                                                       A fonte é ligada a uma lenda que diz o seguinte:
Se lançar uma moeda na fonte, você vai voltar a Roma;
Lançando duas moedas na fonte,  você encontrará amor com um italiano;
Lançando três moedas na fonte, você se casará com a pessoa que conheceu.

Para  que funcione, se aconselha jogar a moeda com a mão direita, cruzando o ombro esquerdo. Estima-se que a cada ano são recolhidos cerca de um milhão de euros da fonte.

 

5. PANTHEON

panteao

Dedicado ao culto de todos os deuses, o Panteão é o único edifício romano que permaneceu intacto ao longo dos séculos.  Construído entre os anos de 25 a 27 a.C.
por Agripa como um Templo dedicado aos doze Deuses e ao Rei vivo. Tradicionalmente acredita-se que o edifício atual seja o resultado da reconstrução promovida pelo imperador Adriano entre os anos de 118 a 125 d.C. Em 608, o Papa Bonifácio IV colocou no Panteão os ossos de muitos mártires retirados das catacumbas cristãs e assim, o templo que era pagão passou a ser,  oficialmente,  cristão com o nome de Santa Maria a Martyres. É o predio mais bem conservado da “Roma Antiga” e  abriga  os restos mortais dos reis:  Vittorio Emanuele II, Umberto I e Margherita de Sabóia, como também do artista renascentista, Raffaello Sanzio .

Onde: Piazza della Rotonda, 186 Roma

horário: todos os dias das 9:00 – 19:30 hs; Domingo das 9:00 -18:00 hs; Feriados das 9:00 – 13:00 hs. Fechado:  nos dias 25 de dezembro e 01 de janeiro. A entrada é grátis.

Atrações Perto: Fontana de Trevi e Piazza Navona

 

6. PIAZZA NAVONA

pzanavona2

Construída num elegante estilo barroco a Piazza Navona é uma outra praça  famosa de Roma adornada por  três fascinantes fontes: a “Fontana dei Quattri Fiumi” (representa os rios mais importantes da época: o Nilo, o Danúbio, o Ganges e o Rio de la Plata); a “Fontana del Moro” e a “Fontana del Nettuno”. A praça ocupa a área do antigo estádio Domiziano (Circo Agonal), que possuía uma capacidade para 30 mil espectadores, foi um local onde os antigos romanos realizavam suas atividades esportivas e agonísticas. A praça é uma área muito animada  cercada de bares e restaurantes tornando-se, assim,  um local de encontro dos romanos e turistas.
Entre os edifícios que delimitam a praça estão o famoso Palácio Pamphilj e a esplêndida Igreja de Santa Agnese.

 

7. Cidade do Vaticano – Praça de São Pedro,  Basílica de São Pedro e os Museus

pzaspietro

A cidade do Vaticano conhecida mundialmente por ser a sede da Igreja Católica e por abrigar a residência oficial do Papa,  é um país independente localizado no centro de Roma cuja as atrações principais são: a Praça de São Pedro, a Basílica de São Pedro e os Museus do Vaticano, onde se encontra a Capela Sistina. É, sem dúvidas, um dos locais mais visitados pelos fieis e turistas que procuram  receber a benção do Papa. Para visitar a cidade do Vaticano sem perder seus atrativos, é necessário se programar com certa antecedência só assim se consegue participar da audiência Papal como, também,  visitar os Jardins  (visitas só com reservas) e os Museus do Vaticano. Existem varias possibilidades para se visitar os museus: comprando um  tour completo de um operador turístico ou autonomamente com ou sem guias turísticos, visite o site dos Museus do Vaticano 

Onde: Piazza San Pietro, Cidade do Vaticano

Como Chegar: Metro linha A (laranja) parada Ottaviano

Horários: Basilica – de 1° outubro a 31 marzo: das  07:00 às 18:30 horas e de 1° april a 30 setembro das  07:00 às 19:00 horas.  Entrada  Grátis.  Museus – visite o site acima.

 

Informações de: Transfer,  Passeios, NCC (aluguel de carro com motorista), Roteiros e Guias Turisticos em Roma, preencha o modulo abaixo.

Se você gostou do post, aproveite e faça o seu registro (basta clicar ao lado direito na parte inferior do seu computador na aba SEGUIR) assim, você será avisado através  email  cada vez que tiver um novo artigo.

Se você ama viajar, vem comigo!

 

 

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s